Nalin celebra aniversário e assume presidência do DEM Magé

Na celebração dos seus 63 anos, o empresário Zé Augusto Nalin assume a presidência do partido Democratas (DEM-Magé-RJ) e volta a reafirmar sua posição assumida quando tomou posse quando suplente em 2015

Entenda a luta pelas obras na BR 493

 Nalin foi candidato a Deputado Federal em 2014 e 2019. Na primeira eleição, ficou como suplente, tendo assumido por oito vezes, a última, no lugar do atual presidente da República, Jair Bolsonaro. Sua primeira fala e também a última, no Congresso Nacional foram a respeito da retomada das obras federais que estão paralisadas.

 Ao assumir pela primeira vez, em outubro de 2015, solicitou  junto ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil a retomada da obra paralisada na rodovia, que é de vital importância para os municípios de Magé, Guapimirim e Itaboraí. Em abril de 2016 foi anunciado o recomeço da obra, mas em maio o deputado voltou a suplência.

Um ano depois, em janeiro de 2017 retornou ao mandato ficando até seis de abril de 2018. Neste período continuou lutando pelo reinício das obras paralisadas. Neste período, o Governo Federal lançou o Projeto Avançar determinando o recomeço de 7.439 projetos paralisados no Brasil. Só no Estado do Rio de Janeiro eram 1.931 obras, o que previa um investimento de R$ 52,51 bilhões até 2018. Uma delas, especificamente, era a da BR 493 que afeta diretamente Magé, Guapimirim e Itaboraí.

 Atualmente a obra encontra-se paralisada. Muitos casos de assaltos, acidentes e muito engarrafamento são relatados por moradores e usuários da rodovia.

Minha Casa Minha Vida

 O Programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal ficou por anos parado na cidade. Quando assumiu como suplente, Nalin intermediou para que a obra recomeçasse no bairro Maria Conga.

Os blocos 2 e 3 foram finalizados com 890 apartamentos. E os blocos 1,4 e 5, totalizando 2.100 apartamentos para moradia popular estão parados e só serão liberados se houver a conclusão da obra da CEDAE. Este é um outro problema que o ex-deputado vem lutando.

“Varias reuniões foram feitas com as pessoas interessadas. A última no dia 08 de fevereiro  com o secretário das Cidades, Juarez Filho,  representantes da Caixa Econômica Federal e da Cedae. Estamos aguardando a solução do governo do estado “, explicou Nalin.

O déficit habitacional no Brasil atualmente é de mais de  6 milhões de moradias, só na cidade do Rio de Janeiro é  de 220 mil residências.

ETE

Outra intervenção de Nalin foi em relação a Estação de Tratamento de Esgoto da Lagoa. A ETE conta hoje com 9 Km de rede desobstruída, resultando em 100% capacidade de funcionamento. O convênio quase perdido pelas gestões anteriores, mas conseguiu ser retomado a tempo com a captação de recursos federais.

Projetada e construída para receber 16 litros de esgoto por segundo, atendendo mais de 7.000 habitantes, a ETE da Lagoa funciona em dois módulos, com a missão de realizar o tratamento biológico do esgoto, que vem através da rede coletora.

Em 2017 a ETE  do bairro Lagoa passou a funcionar em junho de 2017 de forma experimental. Em outubro do mesmo ano ela passou pela segunda fase de inspeção que liberou o projeto para pleno funcionamento.

“Este trabalho foi em conjunto com o governo federal e municipal, exemplo portanto de uma obra que teve começo, meio e fim”, finalizou. 

SHARE